sábado, 24 de dezembro de 2011

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Crer ou Não Crer


Eis a questão...

Este post foi inspirado na baianinha Fátima que comenta lá no Nassif.



VIDA APÓS O PARTO No ventre de uma mulher grávida dois gêmeos dialogam:

- Você acredita em vida após o parto?
Claro! Há de haver algo após o nascimento. Talvez estejamos aqui principalmente porque nós precisamos nos preparar para o que seremos mais tarde.

- Bobagem, não há vida após o nascimento. Afinal como seria essa vida?
- Eu não sei exatamente, mas certamente haverá mais luz do que aqui. Talvez caminhemos com nossos próprios pés e comeremos com a nossa boca.

- Isso é um absurdo! Caminhar é impossível. E comer com a boca? É totalmente ridículo! O cordão umbilical nos alimenta. Além disso, andar não faz sentido pois o cordão umbilical é muito curto.
- Sinto que há algo mais. Talvez seja apenas um pouco diferente do que estamos habituados a ter aqui.

- Mas ninguém nunca voltou de lá. O parto apenas encerra a vida. E afinal de contas, a vida é nada mais do que a angústia prolongada na escuridão.
- Bem, eu não sei exatamente como será depois do nascimento, mas com certeza veremos a mamãe e ela cuidará de nós.

- Mamãe? Você acredita em mamãe? Se ela existe, onde ela está?
- Onde? Em tudo à nossa volta! Nela e através dela nós vivemos. Sem ela não existiríamos.

- Eu não acredito! Nunca vi nenhuma mamãe, por isso é claro que ela não existe.
- Bem, mas ás vezes quando estamos em silêncio, posso ouvi-la cantando, ou senti-la afagando nosso mundo. Eu penso que após o parto, a vida real nos espera; e, no momento, estamos nos preparando para ela.

AUTOR DESCONHECIDO

domingo, 18 de dezembro de 2011

O Barcelona é Campeão do Mundo!

No duelo Neymar x Messi o argentino deu de 4 a 0 


Foi um verdadeiro passeio do Barça



 No final, venceu o melhor do mundo 

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

A Resposta do PSDB ao Livro do Amaury A PRIVATARIA TUCANA

Esse post é uma contribuição da minha amiga Vânia lá do Nassif


A primeira tiragem de Ave Maria Tucana esgotou-se em poucos minutos nas bancas de  Higienópolis
SENHORAS DE SANTANA – Numa tentativa desesperada e carola de calar as repercussões do livro Privataria Tucana, o PSDB lançou ontem o DVD Ave Maria Tucana, composto às pressas pelo senador Álvaro Dias Botox e pelo capitão-blogueiro Reginaldo Bolsonaro. O papel principal será interpretado por Regina Duarte, a eterna Namoradinha do Brasil. Segundo recomendação da CIA e do Vaticano, o primeiro episódio será encartado gratuitamente em todas edições de jornais e revistas da grande imprensa no próximo fim de semana.
De acordo com a sinopse do DVD, “Ave Maria Tucana começa com o anúncio do Anjo Jereissati: um Messias privatizaria em breve. Uma estrela cadente desce sobre o bairro da Mooca e desova três Tucanos Magos. Eles trazem gravações clandestinas, genéricos e cannabis como oferenda. Apesar da maldição da falta de carisma, feita por arapongas e divorciados, José Serra é batizado e promete combater o alho e zelar pela lei de responsabilidade fiscal. Munido de hóstias, terços, rosários e um sortido balaio de equações transferenciais de quarto grau, inicia sua virtuosa trajetória para trazer o bem ao povo. Hoje, mineiros solertes, pegos em blitz da Lei Seca, e repórteres incompreensíveis fazem com que Serra passe por mais uma satânica Provação. Mas, com a ajuda da Santa Companhia da Notícia, ele será beatificado novamente”.
Responsável pela estratégia online de divulgação do DVD, Artur Virgílio enviou ao Congresso um projeto de lei para proibir a propagação de Privataria Tucana nas redes sociais: “Se a grande imprensa não deu bola para o livro, é porque é impuro e pode prejudicar a família brasileira, que, como todos sabemos, é o fundamento da boa sociedade. Por que as pessoas têm que ficar remoendo isso no Facebook? O tempo gasto pode ser revertido em privatizações e orações. Depois o PIB cai, aumentam os divórcios e as pessoas reclamam!”.
Para ajudar na operação de silêncio em torno de Privataria Tucana, Aécio Neves comprou 657 mil exemplares do livro e os enviou a eleitores paulistas.
Num esforço de reportagem, o i-piauí Herald localizou José Serra no Santuário de Aparecida do Norte, onde, contrito, fazia retiro espiritual, orando pelo bem da Pátria. “Vamos deixar de trololó e falar sobre o déficit fiscal primário”, disse ele, cabeceando com violência uma bolinha de papel em direção a Minas Gerais.
O repórter Amaury Jr se eximiu de toda responsabilidade pelo livro. "Meu negócio é ir a festas e entrevistar bêbados", disse.

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

O Silencio Revelador

Vejam o comentário do Bob Fernandes da Gazeta a respeito do silêncio da grande mídia sobre o livro do Amaury Ribeiro Junior
"A PRIVATARIA TUCANA"


O silencio da mídia pode mesmo ser altamente revelador, porque retira do imprensalão a máscara de paladino da justiça, expondo lhe a verdadeira face, aquela que nós progressistas tanto decantamos: parcialidade por corporativismo, afinal, mídia, partidos de direita e reacionários não só estão juntos, são juntos o reflexo do atraso do Brasil.

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Batalha Sangrenta!

Esse combate é um dos mais cruentos já visto.
Veja, mas antes retire as crianças da sala.


Em competição, quando não existe o ódio nem a obrigação da vitória a qualquer preço, o resultado invariavelmente é a graça.

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

A Privataria Tucana

Livro bombástico de Amauri Ribeiro Junior.


Leiam um pequeno trecho do livro que está no "Vi o Mundo":


Derrotado na disputa à Presidência da República, José Serra gastou boa parte da campanha eleitoral de 2010 resmungando contra “espiões” que estariam bisbilhotando a vida de sua filha Verônica e de ilustríssimas figuras de seu partido. Sua aliada, a mídia encarregou-se de reverberar seus protestos, turbinando-os com altos decibéis. A arapongagem teria raiz no “núcleo de inteligência” montado por petistas, cuja existência nunca foi provada. Serra sempre refutou, também com veemência, adotar práticas semelhantes às que supunha ver praticadas por seus adversários.
Mas as relações de Serra com o submundo da espionagem foram levantadas pelo próprio autor. Faltava, no entanto, prová-las. Este capítulo traz essa prova cabal, os documentos inéditos que comprovam definitivamente o que todo mundo sempre soube. Serra costuma recorrer ao submundo da espionagem para vasculhar a vida de seus adversários políticos.
E agora? Será que a Veja vai fazer uma matéria a respeito? E a Folha de São Paulo, será que vai colocar manchete do lançamento do livro e suas revelações? A Globo dedicará ao menos um decimo do tempo que gasta pra denunciar Ministros?
Veremos...



quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Hallelujah

Esta música é um maravilhoso hino que exalta o amor do Homem por seu Criador.
Sendo música de excepcional beleza, não poderia jamais faltar aqui no Blog Casa do Nóia, ainda mais que nós e Deus somos que nem cu e calça.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

O Doutor e o Estadista

foto do Sócrates com Lula.

O Doutor Sócrates foi um craque no campo e um grande amigo. A contribuição generosa de Sócrates para o Corinthians, para o futebol e para a sociedade brasileira jamais será esquecida

Luiz Inácio Lula da Silva, ex-presidente do Brasil, em nota oficial.

Com Um Time Desses....

Até eu seria campeão!

domingo, 4 de dezembro de 2011

A Manifestação da Alma

Certa vez uma criança pergunta para alguém sábio se existe alma; o mestre então lhe diz que os olhos não possuem a capacidade de chorar, apenas vertem lágrimas, quem chora é a alma.
Não sei se esse menino será um futuro biólogo, ativista ecológico ou veterinário, mas já tenho certeza de que será um homem íntegro.

sábado, 3 de dezembro de 2011

A Honra é Altiva

Mas a vergonha necessita esconder a cara

Dilma Rousseff sendo julgada pelo regime golpista que se aboletou no Planalto Central de 1964 à 1985.

Chegou a Turma do Funil

Uma contribuição da minha amiga Vânia lá do Blog do Nassif

Na música "Meu Caro Amigo" que Chico Buarque compôs para Augusto Boal no exílio nosso maior compositor declara que é impossível viver nessa vida sem uma cachacinha ou um cigarrinho.
Eu concordo com o Chico, portanto, viva a turma do funil que não é a mais longeva, mas de longe é a mais feliz.